Rio de Janeiro:
(21) 2502-5252

Até 4,2 milhões de casos de Dengue podem ser registrados no Brasil em 2024

Durante as primeiras quatro semanas do ano, o país já apresenta um acumulado de 217.841 casos prováveis da doença, com 15 mortes confirmadas e 149 em processo de investigação

Em uma divulgação recente realizada em Brasília pelo Ministério da Saúde, foram apresentadas estimativas preocupantes sobre os casos de dengue esperados para o ano de 2024 no Brasil. De acordo com os dados revelados durante um encontro entre representantes da Sala Nacional de Arboviroses, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), espera-se que o país registre entre 1.462.310 e 4.225.885 casos da doença, com uma estimativa central de 1.960.460 casos.

Além disso, nas primeiras quatro semanas do ano, já foram contabilizados 217.841 casos prováveis de dengue, com 15 mortes confirmadas e 149 em investigação. A incidência é de 107,1 casos para cada grupo de 100 mil habitantes, e a taxa de letalidade está em 0,9%. Em comparação com o balanço anterior, que englobava as três primeiras semanas de 2024, o país registrava 12 mortes e 120.874 casos prováveis da doença, com 85 óbitos em investigação.

ATÉ 4,2 MILHÕES DE CASOS DE DENGUE PODEM SER REGISTRADOS NO BRASIL EM 2024

Vacinação contra a Dengue

Quanto à vacina contra a dengue, a distribuição para os 521 municípios brasileiros selecionados pode começar na segunda semana de fevereiro. A ministra da Saúde, Nísia Trindade, explicou que as doses ainda não foram entregues devido a uma exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que a bula esteja em português, requisito a ser cumprido pelo laboratório Takeda, responsável pela produção do imunizante. A vacinação será destinada a crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária que apresenta um dos maiores números de hospitalizações por dengue. O esquema vacinal será composto por duas doses, com intervalo de três meses entre elas. A definição do público-alvo e das regiões prioritárias para a imunização foi necessária devido à capacidade limitada de fornecimento de doses pelo laboratório fabricante da vacina. A primeira remessa, com cerca de 757 mil doses, já chegou ao Brasil, enquanto outra, com mais de 568 mil doses, está prevista para ser entregue em fevereiro.

A UNIPRAG RIO ESTÁ COM VOCÊ

Na Uniprag Rio, estamos totalmente comprometidos em combater os mosquitos e proteger você e sua família, ou funcionários. Entre em contato conosco para solicitar um orçamento e agendar nossos serviços especializados. Estamos prontos para responder a todas as suas perguntas e trabalhar em conjunto para eliminar essa ameaça. Não hesite em nos chamar – estamos aqui para ajudar!

Outros Posts de dedetização e controle de pragas

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE A BARATA FRANCESINHA

Você já sabe que as estações mais quentes como primavera e verão são ideais para a reprodução das baratas francesinhas. Não deixe que elas habitem a sua casa! Ter informações sobre a barata francesinha é essencial para um planejamento de prevenção e correção contra essa praga urbana.

OS PROBLEMAS CAUSADOS PELA BARATA FRANCESINHA

Agora que você sabe mais informações sobre a barata francesinha, saiba que ela pode causar várias doenças, principalmente relacionadas ao aparelho gastrointestinal. Isso porque após passar por locais sujos, elas carregam diversos agentes patogênicos no corpo. Por isso é considerada um vetor mecânico.

NÃO ESPERE AS ESTAÇÕES QUENTES CHEGAREM PARA CONTROLAR A BARATA FRANCESINHA

Em um país tropical como o Brasil, o verão é uma das estações mais aguardadas. Nesse período os insetos possuem condições ideais para sua reprodução. Isso porque o aumento da umidade do ar e do calor faz com que o ciclo…

Conheça nosso serviço de Dedetização Predial

A dedetização predial deve ser um serviço constante para evitar problemas

Ebook – Manual de Controle de Corrodêncios e Piolhos de Pombos