(21) 2502-5252

Rio de Janeiro: (21) 2502-5252  |

 Whatsapp: (21) 96458-0537

Uniprag em outros estados: 0800 704 1528

Redes Sociais:
  

Rio de Janeiro:

 Whatsapp:

Central de Atendimento:

AUMENTAM OS CASOS DE DENGUE NO RJ

A dengue é implacável. Estamos na primavera e as chuvas já começaram. A temperatura também sofre um aumento, o que gera o ambiente mais propício para a reprodução do Aedes Aegypti. O popular mosquito da dengue desde o ano passado passou a ser também o transmissor da zika e chikungunya.

Mais chuvas estão por vir e nessa época o alerta contra o mosquito aumenta. Acúmulo de lixo é propício para criar poças d’água e é na água parada que o Aedes encontra as condições ideais para sua proliferação.

Para piorar o cenário, o ciclo de desenvolvimento da larva até o estado adulto do mosquito cai para a metade do tempo na primavera. Mesmo antes da estação das flores, o número de casos de dengue no Rio de Janeiro já havia aumentado. De janeiro a julho de 2016 foram mais de 72 mil casos. Um aumento de 12 mil casos se compararmos com o mesmo período de 2015 segundo a Fiocruz.

Aedes aegypti, transmissor da zika, da dengue e da chikungunya.

Prevenção é essencial

O mais importante é que continue e se intensifique o trabalho de prevenção. Em outubro vai chover mais e certamente teremos epidemias de zika e chikungunya no verão.

A prevenção tem que começar dentro de casa. Quem tem muitos vasos de planta precisa cuidar bem para não dar água parada. A dica é se livrar dos pratinhos, tirar as folhas secas e deixar as plantas sem retenção de água. Se o pratinho for absolutamente essencial, faça furos nele e deixe as plantas suspensas, nunca no chão.

Outro cuidado a ser tomado é com acúmulo de lixo. Principalmente para quem mora em casa com quintal ou ao lado de terrenos baldios.

Nós fazemos nossa parte

A Imuni Service Uniprag faz a sua parte na prevenção e combate ao Aedes Aegypti. Além de palestras e vídeos educativos, que procuram conscientizar a sociedade, fazemos o controle e monitoramento de mosquitos em diversas regiões do Rio de Janeiro e do Brasil.

Com a chegada da primavera o objetivo é aumentar esse foco no controle e monitoramento. Com um novo sistema integrado de monitoramento, análise e controle, estamos ainda mais preparados para ajudar a população brasileira.

Nosso novo sistema de monitoramento auxiliará inclusive o Ministério da Saúde, que já emitiu certificado atestando a importância do nosso serviço. Com nossos relatórios, o MS terá acesso a mapeamentos de locais inéditos. Leia mais sobre isso aqui.

Faça sua parte também, auxilie na prevenção. Caso precise fazer um serviço de prevenção, controle e monitoramento, temos as soluções integradas e a equipe mais bem preparada para resolver o seu problema com mosquitos.

ALÉM DO RIO DE JANEIRO, VOCÊ ENCONTRA NOSSA QUALIDADE EM TODOS ESSES ESTADOS.

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: