Rio de Janeiro:
(21) 2502-5252

Cuidado com a explosão de casos da dengue e saiba mais sobre a doença

Conte com serviços de controle de mosquitos contra a dengue

A dengue é uma doença viral transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, que pode causar uma série de sintomas desconfortáveis e, em casos graves, representar um risco à vida. Quando uma pessoa contrai dengue, seu sistema imunológico entra em ação para combater o vírus, resultando em sintomas como febre alta, dores de cabeça intensas, dores musculares e articulares, fadiga e erupções cutâneas. Em casos mais graves, a dengue pode levar a complicações como a síndrome de choque da dengue, que é potencialmente fatal devido à queda abrupta da pressão arterial.

Para ajudar a melhorar os sintomas da dengue, é fundamental que o paciente descanse adequadamente, mantenha-se bem hidratado e tome medicamentos para aliviar a febre e a dor, como o paracetamol. No entanto, é importante evitar o uso de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios não esteroides, pois podem aumentar o risco de sangramento, comum em casos de dengue.

Cuidado com a explosão de casos da dengue e saiba mais sobre a doença
A dengue é uma doença viral transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti, podendo acarretar uma variedade de sintomas desconfortáveis e, em casos graves, representar um risco à vida. Quando uma pessoa contrai dengue, seu sistema imunológico entra em ação para combater o vírus, resultando em sintomas como febre alta, intensas dores de cabeça, dores musculares e articulares, fadiga e erupções cutâneas. Em situações mais críticas, a dengue pode evoluir para complicações como a síndrome de choque da dengue, que é potencialmente fatal devido à queda abrupta da pressão arterial.

Para ajudar a aliviar os sintomas da dengue, é crucial que o paciente descanse adequadamente, mantenha-se bem hidratado e tome medicamentos para reduzir a febre e a dor, como o paracetamol. No entanto, é importante evitar o uso de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios não esteroides, pois podem aumentar o risco de sangramento, o que é comum em casos de dengue.

Confira quais partes do corpo a dengue afeta

A dengue pode afetar várias partes do corpo, mas os sintomas geralmente se manifestam principalmente nas articulações, músculos, cabeça e olhos. Além disso, a urina de uma pessoa com dengue pode apresentar uma coloração mais escura devido à desidratação e à presença de substâncias metabólicas liberadas pelo organismo durante a infecção.

Embora a dipirona possa ajudar a reduzir a febre e aliviar a dor associada à dengue, é importante consultar um profissional de saúde antes de tomar qualquer medicamento, especialmente em casos de dengue, para garantir que seja seguro e apropriado para o paciente.

Qual exame detecta a presença da dengue no organismo?

O exame mais comum para confirmar o diagnóstico de dengue é o teste de sorologia, que detecta a presença de anticorpos específicos contra o vírus da dengue no sangue do paciente. Além disso, testes de PCR (reação em cadeia da polimerase) também podem ser usados para detectar o material genético do vírus da dengue em amostras de sangue.

Embora a dengue seja transmitida principalmente pela picada do mosquito Aedes aegypti, em casos raros, a doença também pode ser transmitida por transfusão de sangue contaminado ou de mãe para filho durante a gravidez ou parto. No entanto, a transmissão direta de uma pessoa para outra não é comum. A prevenção da dengue envolve principalmente o controle do vetor, ou seja, a eliminação de criadouros de mosquitos e dos mosquitos adultos, além de medidas de proteção individual contra picadas de mosquito. Se precisar de ajuda reforçada, chame a Uniprag Rio! Solicite um orçamento!

Outros Posts de dedetização e controle de pragas

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE A BARATA FRANCESINHA

Você já sabe que as estações mais quentes como primavera e verão são ideais para a reprodução das baratas francesinhas. Não deixe que elas habitem a sua casa! Ter informações sobre a barata francesinha é essencial para um planejamento de prevenção e correção contra essa praga urbana.

OS PROBLEMAS CAUSADOS PELA BARATA FRANCESINHA

Agora que você sabe mais informações sobre a barata francesinha, saiba que ela pode causar várias doenças, principalmente relacionadas ao aparelho gastrointestinal. Isso porque após passar por locais sujos, elas carregam diversos agentes patogênicos no corpo. Por isso é considerada um vetor mecânico.

NÃO ESPERE AS ESTAÇÕES QUENTES CHEGAREM PARA CONTROLAR A BARATA FRANCESINHA

Em um país tropical como o Brasil, o verão é uma das estações mais aguardadas. Nesse período os insetos possuem condições ideais para sua reprodução. Isso porque o aumento da umidade do ar e do calor faz com que o ciclo…

Conheça nosso serviço de Dedetização Predial

A dedetização predial deve ser um serviço constante para evitar problemas

Ebook – Manual de Controle de Corrodêncios e Piolhos de Pombos