(21) 2502-5252

Rio de Janeiro: (21) 2502-5252  |

 Whatsapp: (21) 96458-0537

Uniprag em outros estados: 0800 704 1528

Redes Sociais:
  

Rio de Janeiro:

 Whatsapp:

Central de Atendimento:

Uso de drone ajudará nas ações contra dengue

O município de Resente (RJ) vai intensificar o combate aos focos de dengue a partir do mês de outubro. A imprensa e parte do secretariado envolvido diretamente no combate à dengue se reunirão no gabinete do chefe do Poder Executivo. O mesmo informou que os serviços das equipes terá o apoio do Exército e o engajamento de todas as secretarias da administração pública.

Está previsto certa de 150 pessoas envolvidas na fiscalização pelas comunidades que apresentam alto índice de infestação e mais o reforço tecnológico: o drone, cujo funcionamento é feito por controles remotos, dotado de câmera para registro de fotos e vídeos.

“As ações preventivas vão abranger 20 localidades, tendo início pelos bairros Vicentina I e II, Santo Amaro e Surubi Velho. Teremos o drone alugado, não abro mão deste equipamento que será fundamental para chegar a locais onde os agentes não têm acesso”, justifica o prefeito.

Legislativo

O uso do equipamento aéreo no combate a dengue havia sido requerido pela Câmara de Vereadores, no primeiro semestre com a intenção de mapear os imóveis em toda a cidade e contribuindo com o direcionamento das ações dos agentes.

Algumas Prefeituras de outras cidades do interior de São Paulo já vem utilizando o aparelho com objetivo de identificar possíveis focos de difícil acesso para vigilantes sanitários.

“Um dos problemas principais enfrentados pelos agentes sanitários da Prefeitura de Resende, no trabalho de combate à dengue, é a dificuldade de entrar em imóveis fechados. Mesmo com a autorização judicial para a entrada nestas residências, o problema persiste, motivo pelo qual a utilização da tecnologia tem despontado como uma das soluções para detectar a existência de recipientes com água parada, e a posterior eliminação destes objetos. Diante da gravidade da situação da dengue em Resende, todos os recursos disponíveis e legais precisam ser aplicados”, justificou o vereador Kiko Besouchet, responsável pela proposta sobre a possibilidade de usar drones no trabalho de identificação de focos da dengue em Resende.

Fonte

 

Problemas com mosquitos?

 

ALÉM DO RIO DE JANEIRO, VOCÊ ENCONTRA NOSSA QUALIDADE EM TODOS ESSES ESTADOS.

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: