(21) 2502-5252
Rio de Janeiro:
(21) 2502-5252
Dedetizadora RJ - Imuni Service Uniprag - Rio de Janeiro
Atenção - Nosso telefone fixo está em manutenção.

 Telefone e ou Whatsapp: (21) 96458-0537

Uniprag em outros estados: 0800 704 1528

 

Rio de Janeiro:

Central de Atendimento:

Pombos - Dedetização e Controle de Pombos no Rio de Janeiro

POMBOS

Pombos - Dedetização e Controle de Pombos no Rio de Janeiro
Dedetizadora - Orçamento de Dedetização

Saiba por que é necessário o manejo de pombos

Os pombos são aves simpáticas, porém perigosas. Saiba que chegar perto dessas aves pode ser arriscado para a sua saúde. Os pombos chegaram no Brasil junto com a monarquia portuguesa e foram utilizados como pombos-correio e para competições de tiro.

As aves são consideradas pragas urbanas e adaptaram-se facilmente aos centros urbanos. Porém, a interferência humana alterou os hábitos dos animais. Eles sobrevivem em média até 4 anos nas cidades. Já em cativeiro ou vida livre no campo podem viver até 30 anos.

Não é recomendado contato com os animais pois eles transmitem doenças como Criptococose, Histoplasmose e Salmonelose.

Seres humanos contraem a doença inalando microrganismos encontrados na poeira das ruas, que são poluídas com as fezes e urina dos pombos.

É importante não criar condições para a proliferação dos pombos, que são: água, alimento, abrigo e acesso. A proliferação dos animais é rápida, cerca de 19 dias, e em tempos mais quentes e úmidos sua população pode desequilibrar o ecossistema, se não for feito o manejo de pombos.

O manejo de pombos é um serviço realizado por controladoras de pragas e vetores para eliminar as condições de fixação e desenvolvimento do animal em um determinado local. Não é permitido o extermínio de pombos, de acordo com a lei ambiental do IBAMA. Por esse motivo, peça auxílio de profissionais para acabar com o transtorno que os pombos causam.

Biologia dos pombos

AS ESPÉCIES DE POMBOS
MAIS COMUNS NO BRASIL SÃO:

Pombo-doméstico

Pombo-doméstico

É a espécie de pombo mais comum encontrada no Brasil. Não possui nenhum predador nas cidades, por esse motivo, sua população pode crescer rapidamente. É considerado um grave problema ambiental pois briga por alimentação com espécies nativas, destrói monumentos e transmite doenças ao ser humano.

Tamanho: 32 a 37 cm
Cor: brancos, cinzas, marrons ou manchados.
Reino: Animalia
Ordem: Columbiformes
Classe: Aves
Espécie: Columba lívia
Família: Columbidae
Filo: Chordata

DIETA: Os pombos desta espécie se alimentam de grãos, frutos, restos de alimentos dos seres humanos.

HABITAT: Próximos às habitações humanas em centros urbanos.

IMPACTO: Transmitem doenças e causam danos a patrimônios públicos e privados.

PREVENÇÃO: Barreiras físicas, eliminação de alimento e água, repelentes químicos.

Pombo Asa-branca

Pombo Asa-branca

É uma das maiores espécies da família no Brasil. É chamado também de Pombão, por conta de seu tamanho. Ficou famosa através de uma canção da música popular brasileira “Asa Branca” composta por Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.

Tamanho: 34 cm
Cor: cabeça marrom vinho e barriga pálida e pelagem cinza escuro
Reino: Animalia
Ordem: Columbiformes
Classe: Aves
Espécie: Columba picazuro
Família: Columbidae
Filo: Chordata

DIETA: Os pombos desta espécie se alimentam de grãos, frutos, restos de alimentos dos seres humanos.

HABITAT: Próximos às habitações humanas em centros urbanos.

IMPACTO: Transmitem doenças e causam danos a patrimônios públicos e privados.

PREVENÇÃO: Barreiras físicas, eliminação de alimento e água, repelentes químicos.

Atendimento Rápido!

ou pela Central de Atendimento: 0800 704 1528

ou pela Central de Atendimento: 0800 704 1528

Ciclo de vidas dos pombos

Os pombos são animais monogâmicos, formam um casal a vida toda. Possuem de 5 a 6 ninhadas anuais cada uma com até 3 crias. Após 1 mês da eclosão dos ovos, os filhotes estão prontos para voar. Enquanto isso, ficam sob os cuidados dos “pais”. A incubação dos ovos dura até 19 dias e a fase adulta completa leva até 8 meses.

Como evitar pombos

– Instalação de barreiras físicas, para evitar o acesso dos pombos para locais propícios para abrigos. Nos telhados, por exemplo, é possível colocar proteções contra as aves;

– Fios à prova de intempéries também são formas de afastar a presença dos pombos, já que eles não conseguem se equilibrar neles;

– Revestimento inclinado é outro tipo de recurso contra a fixação de pombos. O animal não consegue ficar parado no local, o que impossibilita a permanência dos animais.

– É importante não fornecer alimento ao pombo e eliminar outras fontes de nutrientes aos animais;

– Utilize objetos que refletem o sol e que atrapalham a visão das aves;

10 curiosidades

SOBRE OS POMBOS

1– Existem mais de 350 espécies de pombos.

2– Apenas 3 são consideradas pragas urbanas.

3– Os pombos são originados da Ásia Ocidental e vieram para o Brasil como animais de estimação da monarquia.

4– Os pombos podem voar a até 80km/h.

5– Os predadores mais comuns dos pombos são felinos, águias e corujas.

6– Os pombos foram utilizados como meio de comunicação nas guerras.

7– Os animais possuem uma ótima visão, enxergando até cores que os seres humanos não vêem.

8– Os pombos são capazes de reconhecer a face humana.

9– Os pombos não levam choque! Isso porque a distância entre suas patas são curtas, distância que não é suficiente para gerar uma diferença de potencial (DDP) entre dois pontos.

10– Os pombos produzem cerca de 2,5kg de fezes ácidas por ano. Elas possuem a capacidade de estragar monumentos e patrimônios.

ALÉM DO RIO DE JANEIRO, VOCÊ ENCONTRA NOSSA QUALIDADE EM TODOS ESSES ESTADOS.

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo:

 

CLOSE
CLOSE

Pin It on Pinterest